José Sócrtes vem a Beja no Domingo

30 11 2007

O Primeiro-Ministro, José Sócrates, Mário Lino e Paulo Campos Ministro e Secretário de Estado das Obras Públicas Transportes e Comunicações, respectivamente, estão este Domingo em Beja. Os governantes vêm apresentar a concessão do Baixo Alentejo que liga o Aeroporto de Beja ao litoral alentejano, nomeadamente a Sines e à fronteira com Espanha. Manuel Monge, Governador civil de Beja, já falou à Rádio Pax sobre os motivos da presença destes três membros do Governo na capital do Baixo Alentejo. A visita tem início marcado para as 16:30h.





IP8 vai avançar mas com Portagens de Sines a Beja!

26 11 2007

O IP8 – Itinerário Principal n.º8, há tanto tempo prometido, vai finalmente avançar… Mas como diz o ditado, não há bela sem senão! É que o mesmo vai ter portagens entre Sines e Beja.
O Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Mário Lino, deverá vir à capital do Baixo Alentejo no próximo Sábado, dia 1 de Dezembro, para visitar as obras do futuro Aeroporto Civil de Beja. O Ministro deverá vir acompanhado pelo Secretário de Estado das Obras Públicas, Paulo Campos.
Nesse mesmo dia, será feito o anúncio do traçado e o lançamento da concessão de construção do IP8 entre Sines e Beja, com perfil de auto-estrada (duas faixas de circulação em cada sentido, com separador central) e com portagens incluidas em todo o trajecto.
Segundo o suplemento de Economia, da edição de sábado, 24 de Novembro de 2007 do jornal “Expresso”, o Conselho de Ministros da passada quinta-feira aprovou estas decisões a anunciar por Mário Lino já no dia 1 de Dezembro.
De acordo com a infografia apresentada pelo semanário “Expresso”, a escolha terá recaído sobre a chamada “Solução A”, cujo traçado privilegia o eixo Norte do Distrito, fazendo o aproveitamento de algumas das estradas já existentes, casos da EN 261-3, entre Sines e Santiago do Cacém, EM 544, ligação Grândola a Azinheira dos Barros e as EN 259 e 121, a ligação entre o IC 1, nó e Grândola e Beja, com a construção de outros novos traçados.
Nota: Ainda nem temos obra no terreno e já estamos “coagidos” a pagar portagens… E assim se faz o desenvolvimento do Baixo Alentejo! Como o Algarve é a região mais pobre do país, a A22 (Via do Infante) que continue em regime SCUT… Os alentejanos que se lixem…

NM

IP8 – Planta de Localização

IP8 – Esquema do Traçado

Nota: A opção escolhida recaiu sobre a Solução A


Clique nas imagens para poder ampliá-las





Franco achava os portugueses "cobardes"

20 11 2007

O “amigo” General Franco, achava os portugueses “cobardes”. A notícia é divulgada hoje pelo Diário de Notícias. E o que pensariam os “cobardes” dos portugueses a respeito de Franco?

Foto “fraternal” entre Franco e Salazar…

Confira a notícia do DN

“O que Franco pensou sobre o 25 de Abril agora revelado no ‘El País’
No Verão Quente (português) de 1975, o ditador espanhol Francisco Franco estava hospitalizado e praticamente já não falava, embora os jornais espanhóis dessem uma ideia completamente diferente: as personagens que visitavam o ditador no hospital diziam-no atento aos problemas do país e do mundo. Mas não. Num texto publicado ontem no El País, o médico Ramiro Rivera, que acompanhou o ditador espanhol na sua doença, afirma que na maior parte do tempo Franco encontrava-se incapaz de falar e os quatro médicos que o atendiam pouco mais lhe conseguiam ouvir do que monossílabos. Mas, a dada altura, Ricardo Franco, um dos médicos, perguntou a Franco: “Meu general, está o senhor a par do que se passa em Portugal? Não acredita que ali se vai armar uma grande confusão e vai correr muito sangue?”Segundo o testemunho de Ramiro Rivera, Franco ficou calado durante um bocadinho enquanto todos os médicos o olhavam, expectantes. E em seguida disse: “Não acredite nisso, os portugueses são muito cobardes.” E o médico Ramiro Rivera lembra, em sequência, que “la Revolución de los Claveles” – como os espanhóis chamam à nossa Revolução dos Cravos, o 25 de Abril, “acabou com quarenta anos de di- tadura sem que tivesse havido vítimas”. Ramiro Rivera revela também, nas suas memórias, o encontro que teve com o actual Rei D. Juan Carlos, no Palácio da Zarzuela, por esses dias e que se desenrolou num clima que “confiança” que surpreendeu o médico. Juan Carlos contou-lhe que não tinha querido aceitar a transmissão de poderes até ter a certeza de que Franco estava de acordo. Registou que estava numa posição “muito incómoda”, que lhe tinham atirado para cima “toda a responsabilidade”, mas “nem o presidente nem os ministros o informavam de nada”. Juan Carlos não sabia ainda se Franco pensava ou não retomar os seus poderes. Rivera diz que saiu “muito confuso” da entrevista, porque a “franqueza” e “simplicidade” de Juan Carlos lhe pareceram sintoma de “uma ingenuidade preocupante” para as suas futuras funções. “

Fonte: DN





Cães de raça Pit Bull causam receio em Beja

20 11 2007

É uma notícia exclusiva Rádio Pax. Dois Pit Bull atacaram cães no Parque Industrial. Dois animais de raça Pit Bull, alegadamente pertença de moradores no Bairro da Esperança, em Beja, atacaram ontem outros cães e causaram algum pânico no parque industrial, apurou a Rádio Pax junto de trabalhadores naquele local. Os empregados de uma empresa, sedeada no Parque, conseguiram reter um dos animais Pit Bull no espaço exterior da unidade, vedado, e alertaram as autoridades. Durante duas horas as entradas e saídas estiveram condicionadas devido à presença do animal considerado perigoso. Às 18 horas de ontem, quando os funcionários municipais e a polícia se deslocaram ao local o animal estava desaparecido, pois terá sido afugentado do portão de entrada da unidade pelos empregados na hora de saída do trabalho.
Entretanto, ao início da manhã de hoje, precisamente às 08:30h, a Rádio Pax foi contactada por um funcionário da empresa onde o cão esteve “retido”, a dar conta de que o animal se encontrava no local novamente. Às 09:30h, fomos novamente informados de que o Pit Bull teria desaparecido novamente, sem que se soubesse quem o retirou ou se o mesmo fugiu.
Não é a primeira vez que um incidente desta natureza acontece e cães de raças consideradas perigosas já terão atacado e morto outros animais no Parque Industrial de Beja. Em Setembro último, um desses ataques culminou com a morte de dois cães rafeiros que fazem guarda à empresa e que eram propriedade do casal de caseiros que ali habita há três anos.

Nelson Medeiros / Francisco Palma Carvalho

www.radiopax.com





Atropelamento mortal próximo de Beja

20 11 2007

Um atropelamento causou esta madrugada uma vítima mortal. Tudo aconteceu cerca da meia-noite e meia, na Estrada Nacional 121, junto à Solavil, como é conhecido aquele local, no sentido Ferreira do Alentejo – Beja.
Ao que foi possível apurar junto da Brigada de Trânsito de Beja, o indivíduo, de etnia cigana, terá ficado sem combustível no veículo em que se fazia transportar. Ao que tudo indica, o homem terá saído do carro para pedir auxílio. No mesmo sentido, deslocava-se um outro carro, cujo condutor é de nacionalidade moldava. O homem não terá visto que o outro condutor se encontrava apeado na estrada a pedir ajuda e atropelou-o. De acordo com a BT, a vítima saiu em estado muito grave para o Hospital José Joaquim Fernandes em Beja, onde viria a falecer durante a madrugada. O cadáver aguarda agora por autópsia, de acordo com fonte contactada.
A Brigada de Trânsito desconhece para já se o condutor responsável pelo atropelamento se colocou ou não em fuga após o acidente, remetendo-nos para as Relações Públicas da Brigada de Trânsito da GNR em Lisboa. Na capital, ninguém até ao momento estava disponível para prestar mais esclarecimentos.

Nelson Medeiros

Nota: ver notícia também no site da Rádio Pax em www.radiopax.com

NM





Luzes de natal em Beja custam 25 mil Euros

19 11 2007

A Câmara Municipal de Beja já começou a instalar as luzes de Natal que todos os anos enfeitam as artérias de Beja. As mesmas deverão ser ligadas no dia 5 de Dezembro. Ao todo serão “enfeitadas” 19 ruas da cidade.
A autarquia fez um investimento de cerca de 25 Mil euros (cinco mil contos na moeda antiga).
É pena é que ano após ano, as luzes sejam de mais fraca qualidade, sem nada de especial, enfim…
Ainda me recordo do tempo em que era feito um presépio na Igreja da Misericórdia, em que era posta uma bonita estrela no topo da Torre do castelo ou em que a mesma torre e as muralhas eram enfeitadas com contornos natalícios. Sei que são investimentos caros e que a cidade tem outras prioridades, mas até ao momento essas outras prioridades também não se avistam em lado nenhum…

NM





Vivaci Beja : Shopping deverá abrir em 2009

19 11 2007

Deverá ser assim o futuro Shopping Vivaci de Beja. O empreendimento é promovido pela FDO – Investimentos e deverá abrir as portas no decurso de 2009. O processo está em fase de licenciamento. O complexo comercial ficará instalado próximo da Rotunda do Bairro da Esperança e da estrada nacional 260, à saída para Serpa.

Características Técnicas:

Localização: Beja
Data de Abertura: 2009
ABC Total (Área Bruta Construção Total): 48.949 m2
ABL Total (Área Bruta Locável Total): 21.340 m2
N.º de Lojas: 56
Proprietário: FDO 14 – Investimentos Imobiliários, Lda
Promotor: FDO Imobiliária

Dados e fotos recolhidos em: www.vivaci.pt